Café arábica, café gourmet, café especial, café rico, diferente, cheio de frescura… hahaha! Tinha que começar esse post com o tanto de nome que já deram aos cafés que aprecio. Desde que comecei com o Coffee Blog, muitas pessoas me perguntam qual o café que eu tomo, por que ele é diferente ou especial, onde podem comprar, entre outras perguntas que juntas dariam um verdadeiro FAQ. haha!

Então para os próximos posts, vou selecionar essas perguntas e tentar respondê-las. Mas atenção, como sabem, não sou nenhuma especialista em cafés (ainda! Lidiane Santos que me aguarde, hahaha!). Então, esperem daqui uma visão de uma coffee lover, curiosa e, quem sabe, futura barista.  😉

Vamos começar pela pergunta inicial?

Mas afinal, o que é o café arábica?

Existem duas espécies de grãos de café: Arábica e Robusta.  O Robusta é o que geralmente encontramos no mercado. Não é necessariamente ruim ou inferior, mas diferente. Explicarei em outro post. Agora falaremos do Arábica. 🙂

Diferença entre um grão Arábica e um Robusta. Fonte: http://cafeouronegro.com.br/

O café que costumo tomar em casa (e sempre que posso, fora dela também) é o Arábica. Uma espécie de café muito querida e apreciada pelos coffee lovers. Ela é bastante perfumada, possui um aroma bem marcante, doce e um pouco ácida. Essa espécie é muito delicada e precisa de um tratamento especial. Seu cultivo ideal, por exemplo, dá-se em locais de altitude acentuada (entre 600 e 2000 metros). Quanto mais altitude, mais chances de obter um grão de excelente qualidade.

Mapa do café pelo Mundo. Fonte: portocoffee.com.br

Atualmente essa variação corresponde a 3/4 da produção mundial de cafés e seu cultivo está concentrado na América do Sul e Central e alguns países da África e Ásia. No Brasil, os estados de Minas Gerais e São Paulo são famosos pelo cultivo dessa espécie, mas é possível encontrar o grão sendo cultivado em outros locais, como em Pernambuco! O grão Arábica possui diversas variedades, algumas são: Catuaí (vermelho, amarelo), Bourbon, Catimorra, Caturra, entre outros. A taxa de cafeína desse tipo de grão é de aproximadamente 1,4% (o robusta, encontrado nos mercados, chega a 2,5%).

As melhores cafeterias servem café arábica em suas variedades de grão e torra. Mas você também pode comprar pra ter em casa!

Onde comprar café Arábica?

Como eu mencionei acima, o grão Arábica é utilizados nas melhores cafeterias (não posso garantir que todas usem). Mas se você quer consumir o grão em casa, no dia a dia, é possível comprar! Algumas cafeterias comercializam em seu próprio estabelecimento o grão que utilizam, mesmo as grandes redes. Por exemplo: Starbucks, Delta Café, Cafés Suplicy. Aqui em Recife a maioria das cafeterias fazem questão de vender o grão utilizado. Se você é meu conterrâneo, vale a penas conhecer e comprar bons grãos nos seguintes locais: Apolo Beer Café (sim, lá também tem cervejas maravilhosas), Malakoff Café, Café Castigliani e o café que fica na Livraria Cultura do Paço (como é mesmo ou nome? Café Cultura? rs)

Mas estamos conectados por uma coisa maravilhosa chamada INTERNET. Por isso aqui estão alguns sites que vendem online e que eu recomendo: Coffee Lab, Grão Gourmet, Cafeinação, Martins Café, Yaguara Ecológico e Meu Café Gourmet.

 

Quanto custa um café arábica?

Vamos ao que interessa… Todo mundo me pergunta “Ah, mas quanto custa? Deve ser caríssimo…”
Minha resposta sempre é: Depende.. O que é caro para você? Quem é coffee lover, aprecia um bom café. Pra mim café é uma experiência sensorial, instrumento social e tanta coisa boa que não vale perder tempo tomando café ruim. Mas, respondendo às perguntas: um pacotinho de 250g de grão custa em média R$ 20,00. Tem café mais caro? Tem! Tem café (arábica) mais barato? Pode ser que sim. Acho que já comprei um pacotinho por R$ 15,90… mas a média é essa.

 

Só vende em grãos?

Não! Geralmente quem aprecia Arábica prefere comprar em grãos para moer somente quando for consumir. Isso faz com que algumas propriedades do café se mantenham até o consumo, por exemplo (mais ai já é pauta para outro post). O que eu quero dizer é que geralmente você vai encontrar esse café à venda em grãos. Mas pode pedir para que seja moído. Alguns estabelecimentos abrem o pacotinho de café na sua presença e moem na hora. Outros já têm o grão moído pra vender, mas vale a pena perguntar se é possível moer na hora 😉 Dica da amiga!

 

Espero ter respondido às principais dúvidas sobre esse tipo de café. Tem mais alguma dúvida? Eu esqueci de falar alguma coisa? Fala ai nos comentários! Vamos conversar… 😉

 

Beijos cafeínados!


6 Comments

Leonardo Concon · 15 de janeiro de 2017 às 23:22

Isso mesmo. Só consumimos cafés de qualidade. Arábica de preferência. Existe o robusta de qualidade, mas é para outro post…rs. Só o arábica apresenta riquezas de aromas e sabores. Parabéns pela postagem. Vamos em frente, sempre cafeinados.

    Stéll · 15 de janeiro de 2017 às 23:50

    O Arábica é o meu favorito, não tem jeito. Hahah Obrigada Tio!!!

Felipe Burégio · 15 de janeiro de 2017 às 23:40

Ótimo Post, Stéll ^^
Sempre tive essa dúvida da diferença entre os grãos. Valeu!! 🙂

    Stéll · 15 de janeiro de 2017 às 23:51

    Obrigada, Burégio! Gosto quando posso contribuir. Vamos nessa descobrir e tomar mais bons cafés! 😉

Ramon · 18 de janeiro de 2017 às 12:22

Stell! Muito bem colocado o arábica, assim como temos vários titos de manga (espada, rosa, manguito…) temos também variedades de plantas de café né, e a arábica é mais palatável por ter menos cafeína acabando por ser menos amargoso, por isso que o café tem um tempo certo de preparo (+-3 min no coador, dependendo da moagem e do método).

    Stéll · 18 de janeiro de 2017 às 13:15

    Falou com propriedade, Ramon! 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *