No último sábado tive o prazer de conhecer o Malakoff Café Gourmet, inicialmente sob o pretexto de ir buscar a premiação que ganhei na promoção do festival Recife Coffee:

IMG_8527

Mas a verdade é que eu já não aguentava de curiosidade, queria conhecer a tal cafeteria revelação da qual todos falavam tão bem. Inclusive durante minha visita ao Vovó Nice Café, ouvi a sua barista recomendar os companheiros de profissão com muito entusiasmo pro casal da mesa ao meu lado. Impossível não querer conhecer a cafeteria especialista em coados/filtrados que oferece onze métodos diferentes de preparo do café.

Então, munida de bons motivos, fui ao Malakoff. Chegando lá fui muito bem recebida por todos que estavam no salão, principalmente pelos anfitriões Tallita e Allan e o barista Arthur. Logo que cheguei, fizeram questão de me explicar cada um dos onze métodos. Muito paciente, Arthur me deu uma verdadeira aula sobre café enquanto providenciava o preparo de alguns pedidos.

Cada um dos onze métodos tem um motivo de “ser”. O preparo e os equipamentos utilizados em cada um garantem o diferencial no sabor. Na foto, eles estão organizados em linha crescente de “amargor” (da esquerda para a direita), sendo o último (segunda foto), o filtro responsável pela a elaboração do excêntrico e refrescante Cold Brew.

Equipamentos para os diferentes Métodos de preparo do café

Equipamentos para os diferentes Métodos de preparo do café

 

Filtro para Cold Brew

Filtro para Cold Brew

E por falar em Cold Brew, o Malakoff faz o seu próprio para abastecer às demandas da sua carta de “cafés gelados”. Para quem não sabe, a técnica de preparo do Cold Brew leva até 20h de filtragem na água fria. Eu o experimentei de duas formas: um shot puro da bebida, oferecido pelo Arthur, que lembrava um licor, mas sem a presença de forte sabor açucarado. E escolhi também o destaque da casa, o Chico Science, bebida à base de Cold Brew que leva na receita água com gás, gelo e uma base cítrica, responsável pelo toque mais “adocicado” da mistura. O drink cafeinado foi uma criação do Alan Cavalcanti, barista e proprietário do estabelecimento.

IMG_8512 IMG_8514

Se você está virando a cara só de pensar no “café frio”, eu te digo: é MUITO saboroso e diferente de tudo que você imagina ou já experimentou. Vale a experiência!

E por falar em experiência, a minha no Malakoff foi muito positiva, além do ambiente lindo e bem decorado, profissionais super competentes e carismáticos. Tanto que me recusei a ir embora sem provar mais um método de preparo do café, dessa vez quente.

Escolhi a cafeteira Globinho, que lembra um equipamento de laboratório, mas é bem curiosa e eficiente. Ela é composta por duas partes principais, a superior armazena o café moído e a inferior que armazena a água do preparo. Quando o conjunto é encaixado sob uma base de fogo, a água esquenta e sobe para o globo superior, onde se mistura com café e ocorre a infusão que pode demorar até dois minutos, dependendo do preparo.  Após a infusão, a chama é retirada e, conforme acontece a perda de calor, o vácuo criado puxa o líquido para baixo, que ao passar pelo filtro, separa o pó do café filtrado.

Preparo de Café na Globinho IMG_8532

O resultado? Um café suave, com pouca presença de amargor. Realmente delicioso. Para acompanhar eu não resisti a propaganda de um gostoso bolo de rolo de café, receita da casa!

bolo de rolo de café

Café sem açúcar, mas com muito afeto.

IMG_8538

E a “cafetização” não para nem na hora da conta. Olha que charme o moedor onde trazem nossa consumação. <3 Muito amor.

Fim da visita e saí do Malakoff Café levando mais que a premiação do festival: ganhei muito conhecimento, carinho e com certeza novos amigos.

Obrigada pela ótima recepção de todos, em especial à Tallita, Alan e Arthur. 🙂

IMG_8509

 

 

Serviço:

Malakoff Café Gourmet

R. Alfredo Pereira Borba, 60 – Sala 1 – Prado, Recife.

Telefone:(81) 3128-0113

Funcionamento: Seg a Sex das 12h às 21h. Sab das 15h às 21h.


3 Comments

Tallita Marques · 12 de junho de 2016 às 16:32

Obrigada Stell pelas palavras carinhosas e pela matéria! Parabéns pelo conteúdo! Ficou incrível!!! S2 Esperamos você em breve para novas experiências sensoriais. Foi um prazer recebê -la! Forte abraço!

    admin · 13 de junho de 2016 às 14:18

    Eu que agradeço toda a atenção que recebi, Tallita. Foi um prazer conhecê-los e quero reencontrá-los muito em breve. Abraço!

Leonardo Concon · 13 de junho de 2016 às 18:16

Mais uma vez, você nos surpreende com uma reportagem profunda e ao mesmo tempo envolvente sobre o tema que amamos, o café. Parabéns por mais esta reportagem e também a cafeteria recebe nota mil. Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

De grão em grão

Lidiane Santos: barista pernambucana é destaque em premiação nacional

Foto: Anderson Stevens Quem me acompanha no Instagram, já deve ter me visto falar bastante da Lidiane Santos. Lidiane é uma referência em seu segmento. A barista foi responsável por iniciar em Pernambuco em meados de Leia mais…

De grão em grão

Cafeteria itinerante conquista público atendendo dentro de um ônibus

Um ônibus charmoso – e cheiroso -, gente simpática e talentosa atendendo e cafés de excelente qualidade. Esse é o Clandestino Café, que além de contar com a irreverente ideia de ser uma cafeteria DENTRO de Leia mais…

De grão em grão

Tokyo’s Café: degustação do menu Recife Coffee

Ainda seguindo o roteiro do festival Recife Coffee, fui experimentar as delícias do chef André Saburó à frente do Tokyo’s Café. Para quem não conhece, Saburó é um dos mais importantes chefs da culinária recifense Leia mais…